Seguro de viagem é obrigatório?

  • June 12, 2019

Para muitas pessoas, viajar é um prazer incomparável. Não interessa a razão, o lugar ou o motivo, é sempre uma oportunidade de conhecer novos costumes, culturas e pessoas.

Seja como for, é sempre muito importante que esta viagem seja planejada para que seu sonho não se transforme em um pesadelo.  O seguro viagem faz parte deste planejamento.

O seguro de vigem é obrigatório?

Depende do seu destino. Apesar das dicas recebidas aqui, consulte o destino desejado e busque informações atualizadas, muitas mudam de acordo com as leis e tratados de imigração.

  • Viagem Nacional

Se o seu destino de viagem é dentro do território brasileiro, o seguro viagem não é obrigatório. Muitas pessoas deixam de fazer o seguro viagem dentro do país porque consideram que tendo um plano de saúde você pode contar com ele para atendê-lo com seus imprevistos.

Em primeiro lugar existem outros tantos imprevistos que não estão relacionados a saúde que o seguro pode cobrir. Outra coisa importante é saber se o seu plano de saúde cobre todo o território nacional.

  • Europa

A Europa, por exemplo, é o continente onde quase todos os destinos exigem o seguro de viagem.

  • América Latina

Na América Latina (isto inclui a América do sul), a maioria dos países isentam a contratação de seguro de viagem, mas entre nossos vizinhos temos duas exceções: Venezuela e Cuba.

Para entrar em Cuba, você não só tem que contratar um seguro de viagem, como existe um valor estabelecido por eles de dez mil dólares. No caso da Venezuela esta exigência fica bem mais alta. O valor mínimo do seguro é de quarenta mil dólares.

Os países de fronteira, que são mais procurados pelos brasileiros são Paraguai, Uruguai e Argentina. Para estes países, não existe a obrigatoriedade do seguro viagem.

  • Austrália

Se você escolher a terá dos cangurus, lá o seguro de viagem é obrigatório. Mesmo para intercambio o governo exige do estudante a compra do OSHC que lhe dará acesso ao sistema básico de saúde pública.

  • Estados Unidos

Este continua sendo o destino internacional mais desejado dos brasileiros. A notícia boa é que os Estados Unidos não exigem a obrigatoriedade do seguro viagem.

A má notícia é que qualquer problema de saúde que tiver por lá, o custo é altíssimo. Então se você pretende passar suas férias em solo americano vai ser melhor para sua tranquilidade contratar um seguro de viagem.

Para saber mais sobre esse assunto, assista o vídeo abaixo:

Importação por encomenda vale a pena?

  • June 6, 2019

Para muitas empresas, o processo de importação no site baggood pode ser uma ótima saída para economizar a longo prazo, embora seja bastante burocrático.

No caso da importação por encomenda, a empresa que contrata o serviço irá desfrutar de outras vantagens que vão além de somente a questão econômica.

Então, vamos saber um pouco mais sobre esse processo, como funciona e como realizá-lo adequadamente.

O que é a importação por encomenda?

A importação por encomenda resulta em um fluxo através do qual a empresa terceiriza a execução de operações no exterior, claro, tudo com respaldo legal e segurança de contrato.

A empresa terceirizada se chama Trading Company, que é uma categoria de empresas que realizam importação por encomenda. No entanto, algumas empresas também podem optar por realizar a importação de forma direta em seu nome e não terem essa denominação.

Então, a empresa contratada irá adquirir os produtos de um fornecedor no exterior usando recursos próprios, sendo ela a responsável pelo pagamento dos tributos e impostos e pela negociação.

Já a empresa contratante tem o compromisso assumido como empresa solidária, visto que possui interesse na nacionalização dos bens adquiridos.

Vale lembrar ainda que, para que possa explorar essa prática, é fundamental que a empresa responsável seja devida e corretamente habilitada no SISCOMEX, que é o Sistema Integrado de Comercio Exterior.

A empresa que deseja os produtos importados pode escolher se deseja importar diretamente ou terceirizar o processo. No entanto, é importante ressaltar que no caso da importação direta, é preciso realizar a contratação de um representante legal que atuará junto aos despachantes aduaneiros.

Existem condições para esse tipo de importação?

A principal condição para operar fazendo importações, sejam elas diretas ou indiretas, ou seja, importações por encomenda ou por conta e ordem, é estar habilitado no SISCOMEX, que é o sistema da Receita Federal Brasileiras que faz o gerenciamento do comercio com o exterior.

Além disso, é preciso também que os procedimentos de importação sejam, em sua totalidade, executados por um recurso importador. A contratante, no caso, é responsável como empresa solidária, como vimos anteriormente.

Assim, ela também pode ser penalizada caso ocorra algum tipo de irregularidade ou descumprimento da legislação aduaneira brasileira.

É muito importante lembrar também que os dados do contratante devem constar na Declaração de Importação (DI), referente ao embarque, o que é importante para o controle na Receita Federal.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a importação por encomenda! veja mais detalhes no vídeo abaixo: