Dicas Para Aumentar o Pênis

  • October 7, 2019

Como aumentar seu pênis? Segundo as estatísticas, até 80% dos homens não estão satisfeitos com a espessura ou o comprimento de um membro. A questão de como aumentar o pênis está se tornando cada vez mais popular, temos comprimidos, adesivos, ervas, dispositivos, bombas, exercícios e finalmente procedimentos cirúrgicos para aumento do pênis . O comprimento médio do pênis na Polônia é de cerca de 15,6 cm.

Em quais métodos de aumento do pênis você deve apostar? Preparamos para você uma revisão dos melhores métodos para aumentar um membro, começando pelos mais eficazes e com a melhor classificação. Veja como aumentar seu pênis!

O melhor produto para aumentar o pênis é o V8 Big Size que é um gel corporal que quando aplicado ao pênis em forma de massagem, ele ajuda a aumentar o pênis, melhorar a ereção e retardar a ejaculação.

1. Comprimidos para aumento do pênis

A combinação de eficácia e facilidade de uso. O tratamento consiste em tomar a dose apropriada de comprimidos por um período específico de tempo – com um tratamento mais longo = maior efeito de aumentar um membro . Os tablets fornecem resultados razoavelmente rápidos e, a um preço atraente, atualmente é o método mais popular.

2. Extensores para aumento do pênis

Em segundo lugar, em termos de eficácia, existem dispositivos especiais chamados extensores. O princípio de sua operação reside na construção e tração especiais. Colocam-se dispositivos especiais no pênis que, quando ajustados adequadamente, esticam o membro. Além da ampliação do pênis, você pode usar os extensores para corrigir as curvas do pênis. A eficácia da ação foi confirmada por pesquisas científicas.

A maior desvantagem é que você precisa usar o dispositivo durante horas todos os dias, o que é simplesmente desconfortável. O dispositivo também deve ser operado adequadamente para não causar danos.

3. Como ampliar o pênis – cirurgia.

As operações de alargamento dos membros também estão se tornando cada vez mais populares. A operação envolve cortar os ligamentos que conectam o membro ao osso púbico, infelizmente não produz um efeito real, mas apenas abaixar o pênis, o que faz com que o pênis pareça maior, seu comprimento real aumenta em cerca de 3 cm.

As desvantagens deste método não são apenas o baixo resultado, mas também a possibilidade de muitas complicações, como falta de ereção ou ereção incompleta, perda de satisfação sexual, incapacidade de atingir o orgasmo.

Cada vez mais clínicas que oferecem esse tratamento aparecem nos resultados da pesquisa após inserir a frase: como aumentar o pênis.

4. Bombas de aumento de pênis.

Apesar de muitas pessoas decidirem usar bombas para aumentar um membro , devido ao fato de estarem disponíveis em muitas lojas, sua eficácia não é muito alta. Acontece que o uso inadequado de flexões ou a escolha de dispositivos de baixa qualidade não apenas leva à falta de efeitos de ampliação, mas também pode ter efeitos colaterais para o nosso membro.

Como prevenir a disfunção erétil?

  • May 16, 2019

A disfunção erétil, também chamada de impotência sexual, nada mais é do que a incapacidade de um homem ter ou manter uma ereção que seja suficiente para uma relação sexual.

Isso pode acontecer em decorrência de algum tipo de patologia crônica ou ainda por causa de distúrbios psicológicos que afetam sua vida.

A impotência sexual causada por doenças, no entanto, é um problema mais comum em homens mais velhos, ou seja, quando maior a idade, maior o risco do problema, mas isso pode ser tratado com uso de estimulantes naturais como o tittanus que é um estimulante sexual masculino.

Já no caso da impotência emocional, o problema tende a ser mais comum em homens mais jovens, normalmente causada por distúrbios de ansiedade de desempenho.

No entanto, mesmo que o problema não tenha se manifestado, é sempre uma boa alternativa agir de uma forma preventiva, a fim de diminuir o risco.

Então, vamos conhecer a seguir algumas dicas para prevenir a disfunção erétil:

  1. Tenha boas noites de sono

Segundo um estudo realizado pela Unifesp, os pacientes que apresentavam impotência costumavam acordar mais à noite, tendo o chamado sono fragmentado, não atingindo o estágio mais profundo.

Mais do que isso, a falta de um sono adequado é um fator de risco para o desenvolvimento de problemas cardiovasculares, diabetes e aumento de peso, que contribuem para o desenvolvimento de impotência.

  1. Uso de drogas

Estudos mostram que o cigarro eleva o risco de disfunção erétil. Isso significa que os homens que fumam apresentam uma chance 40% maior de ficar impotentes ou apresentar problemas de desempenho sexual.

Já para os que fumam uma quantidade menor do que 20 cigarros por dia podem ter um aumento de 24% no risco.

Além disso, usuários de álcool, ecstasy, crack e cocaína apresentam perda da libido, 47% mais chance de ejaculação precoce e impotência.

  1. Diminuir o estresse

Especialmente os homens mais jovens pode sofrer com problemas de estresse e ansiedade de desempenho, o que contribui para a impotência.

Isso porque esses sentimentos possuem uma relação direta com a liberação de hormônios que impedem que uma ereção ocorra, como é o caso da adrenalina.

  1. Comer bem é o melhor

Alimentar-se bem é fundamental para prevenir o surgimento da impotência sexual. Somente assim você pode é possível manter o corpo em equilíbrio e evitar também outras doenças que podem aumentar o risco de impotência.

Manter uma boa rotina de atividades físicas aliado a uma boa alimentação é outra excelente forma de prevenir o problema.