Importação por encomenda vale a pena?

  • June 6, 2019

Para muitas empresas, o processo de importação no site baggood pode ser uma ótima saída para economizar a longo prazo, embora seja bastante burocrático.

No caso da importação por encomenda, a empresa que contrata o serviço irá desfrutar de outras vantagens que vão além de somente a questão econômica.

Então, vamos saber um pouco mais sobre esse processo, como funciona e como realizá-lo adequadamente.

O que é a importação por encomenda?

A importação por encomenda resulta em um fluxo através do qual a empresa terceiriza a execução de operações no exterior, claro, tudo com respaldo legal e segurança de contrato.

A empresa terceirizada se chama Trading Company, que é uma categoria de empresas que realizam importação por encomenda. No entanto, algumas empresas também podem optar por realizar a importação de forma direta em seu nome e não terem essa denominação.

Então, a empresa contratada irá adquirir os produtos de um fornecedor no exterior usando recursos próprios, sendo ela a responsável pelo pagamento dos tributos e impostos e pela negociação.

Já a empresa contratante tem o compromisso assumido como empresa solidária, visto que possui interesse na nacionalização dos bens adquiridos.

Vale lembrar ainda que, para que possa explorar essa prática, é fundamental que a empresa responsável seja devida e corretamente habilitada no SISCOMEX, que é o Sistema Integrado de Comercio Exterior.

A empresa que deseja os produtos importados pode escolher se deseja importar diretamente ou terceirizar o processo. No entanto, é importante ressaltar que no caso da importação direta, é preciso realizar a contratação de um representante legal que atuará junto aos despachantes aduaneiros.

Existem condições para esse tipo de importação?

A principal condição para operar fazendo importações, sejam elas diretas ou indiretas, ou seja, importações por encomenda ou por conta e ordem, é estar habilitado no SISCOMEX, que é o sistema da Receita Federal Brasileiras que faz o gerenciamento do comercio com o exterior.

Além disso, é preciso também que os procedimentos de importação sejam, em sua totalidade, executados por um recurso importador. A contratante, no caso, é responsável como empresa solidária, como vimos anteriormente.

Assim, ela também pode ser penalizada caso ocorra algum tipo de irregularidade ou descumprimento da legislação aduaneira brasileira.

É muito importante lembrar também que os dados do contratante devem constar na Declaração de Importação (DI), referente ao embarque, o que é importante para o controle na Receita Federal.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a importação por encomenda! veja mais detalhes no vídeo abaixo:

Submit A Comment

Must be fill required * marked fields.

:*
:*